10 Frutas Proibidas Para Cães e Suas Consequências!

Classificação:
5/5
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Frutas proibidas para cães

É super normal irmos comer algo e nosso cachorro chegar perto e fazer aquela cara de fome, onde sempre jogamos um pedaço para o cachorro. Entretanto, existem frutas proibidas para cães.

É um erro achar que um pedaço pequeno de qualquer comida não irá fazer mau aos cães.

Portanto, você deve tomar muito cuidado

O sistema digestivo dos cachorros e dos humanos, é totalmente diferente.

Da mesma forma, em específico as frutas, elas podem prejudicar seu cão.

Desde doenças sérias até perigo de morte.

Separamos uma lista de 10 frutas proibidas para cachorros, e suas consequências.

Frutas proibidas para cães: Abacate.

Pelo fato do abacate conter Persina, ele pode causar problemas nos cachorros.

Já falamos aqui se cachorro pode comer abacate, fizemos este artigo somente focado no abacate.

Ainda existem diversas questões sobre isso.

Muitos defendem que sim e muitos defendem que não.

Veja nosso artigo para entender mais afundo a opinião dos especialistas.

Frutas proibidas para cães: Maçã.

Em primeiro lugar, cachorros podem comer maçãs, mas apenas se ela estiver sem casca, sem caroço e sem o miolo.

O que pode fazer mau aos cães são as sementes das maçãs, pelo fato de conterem cianeto.

cianeto é tóxico para os cachorros, da mesma forma, o cianeto também pode ser encontrado em outras frutas.

Frutas proibidas para cães: Uvas ou passas.

Aparentemente, as uvas e passas, não apresentam efeitos visíveis nos cães.

Por outro lado, elas são difíceis de ingerir, o que pode causar danos renais irreversíveis.

Frutas proibidas para cães: Damasco.

De forma geral, cachorros podem comer apenas a polpa do damasco.

Por outro lado, o caule não deve ser consumido, ele contém cianeto, que pode causar problemas graves de respiração.

Caqui, pêssego e ameixa.

Entre as frutas proibidas para cães, o pêssego, caqui e ameixa, podem causar inflamações e obstruções no intestino delgado dos cachorros.

Isso acontece, pelo fato dessas frutas conter sementes, caso o cachorro engula.

Laranja e limão.

Da mesma forma que outras frutas que citamos aqui, não existe problemas em cães consumirem laranja e limão.

O problema se encontra na casca, folhas, sementes e caule, que caso forem consumidas, podem causar vômitos e diarreia em seu cachorro.

Coco.

As frutas proibidas para em sua grande maioria podem causar problemas estomacais, e com o coco, não é diferente…

Caso um cão consuma coco, ele pode ter inchaço, diarreia e dores no estômago.

Vale lembrar que alimentos feitos a base de coco, podem ser consumidos por cachorros, apenas se forem em pequenas quantidades.

Aqui estamos falando da fruta em si.

De forma geral, evite dar coco e água de coco para seu cachorro.

Frutas proibidas para cães: Carambola.

Pelo fato de conter uma toxina natural que não é filtrada pelo rim dos cães que são portadores de insuficiência renal, ela não é permitida para cachorros.

Portanto, pode haver a dúvida se seu cão é ou não portador, então o recomendado é não dar a fruta.

Frutas proibidas para cães: Abacaxi.

Pelo fato de ser ácido, ele não é indicado.

Vale lembrar que existem pessoas que defendem que pode, apenas se for dado sem cascas, entretanto, não é uma informação 100% verídica.

Portanto, muitos preferem não arriscar.

Cereja.

Você pode sim dar a polpa da fruta para seu cachorro, mas não a casca, nem caroços e folhas.

Da mesma forma que outras frutas, a cereja possui cianeto.

O cianeto é prejudicial como falamos aqui, e pode levar até a morte.

Conclusão.

Cachorro pode comer quais frutas

Neste artigo listamos apenas algumas frutas proibidas para cães.

Existem diversas outras, cabe você pesquisar mais a fundo.

Ficamos felizes que você tenha chegado até aqui, e mais ainda com a sua preocupação com os animais.

Portanto, veja nossa categoria de animais, lá você encontra diversos artigos sobre cachorros, gatos e outros.

Deixe também um comentário abaixo, para sabermos o que você achou.

Veja também

Deixe seu comentário