Batata doce pode ser consumida por diabético?

Classificação:
5/5
Batata doce não altera a glicose dos diabéticos.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

A pessoa portadora de diabetes pode comer batata doce sem aumentar a glicose? Sim! Sem problemas! É um excelente alimento. 

A batata doce é um vegetal rico em vitaminas (A, B6, C, E), minerais (ferro, potássio) e fibras que podem ajudar a aliviar os sintomas do diabetes. É conhecido como um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, de absorção lenta. Ou seja, libera a glicose na corrente sanguínea aos poucos, sem estimular muito o hormônio chamado insulina. A insulina é responsável pelo aumento da fome e pelo acúmulo de gorduras.
Além disso, os carotenóides presentes na batata doce ajudam o organismo a responder à insulina e estabilizar o açúcar no sangue. Por possuir alto teor de fibra solúvel, seu consumo ajuda a reduzir a glicemia, como também o colesterol. Já o ácido clorogênico presente na composição desse tubérculo também pode contribuir para diminuir a resistência à insulina.
Dessa forma, como possui muitas fibras, a batata doce, para os diabéticos, é uma alternativa mais saudável que a batata inglesa.
Entretanto, é importante lembrar que é um tubérculo que contém carboidratos. Por exemplo, meia xícara de batata doce equivale a uma porção de carboidratos. Por isso, o ideal é evitar consumir outros carboidratos junto com ela.

Tipos de batata doce: branca ou roxa?

As mais comuns consumidas no Brasil são a de pele branca ou roxa. Ricas em antioxidantes, também contribuem no combate ao envelhecimento. As de casca roxa tem um sabor mais adocicado se comparado com a branca, a qual é tida como mais ressecada. Mas o ideal, no caso das duas, é consumir com a casca, rica em nutrientes como sais minerais e vitaminas.
A batata doce pode ser consumida cozida, assada, frita ou em forma de purê. Além de ser utilizada em pratos salgados ou doces.
Como dito acima, é aconselhável consumir a batata doce com pele isto porque a pele é uma das porções mais ricas em fibras. Esse consumo vai evitar o pico de glicemia após a alimentação. Portanto, diabéticos podem e devem incluir a batata doce na sua dieta.

Confira algumas receitas

Brownie de batata doce 

Ingredientes

2 xícaras de chá de batata doce cozida e amassada

1 xícara de chá de farinha de sementes de abóbora (pode comprar em loja de produtos naturais ou torrar em casa)

1 xícara de cacau em pó

1 xícara de açúcar (pode ser mascavo ou de coco) ou adoçante no caso de diabéticos

½ xícara de azeite de oliva extra virgem

Misture todos os ingredientes e asse em forma untada por aproximadamente 30 minutos em forno a 180º.
(Fonte: www.neuroganho.com.br)

Chips de batata doce

Ingredientes

1 batata doce cortada em fatias nem muito finas e nem muito grossas (de 2 a 3 mm). Muito finas queimam rápido e grossas perdem a crocância.

2 colheres de sopa de azeite de oliva

Sal, pimenta do reino ou caiena e temperos a gosto como orégano, tomilho.

Em uma vasinha tempere as batatas e depois disponha as rodelas sem sobrepor em um tabuleiro untado, ou forma antiaderente ou forrado com papel manteiga.

Leve ao forno pré-aquecido de 180 a 200 graus e asse as batatas por aproximadamente 20 minutos. Vire as batatas para que assem de maneira uniforme ou até ficarem douradas.

O tempo de forno pode variar, por isso fique de olho para que não passem do ponto. Depois de esfriar pode armazenar em pote hermeticamente fechado.

Deixe seu comentário