Alimentação adequada pós treino

Classificação:
5/5
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
alimentação adequada pós treino
Para alcançar os resultados desejados com a prática de exercícios físicos uma alimentação adequada pós treino é muito importante assim como a própria atividade física. A alimentação é que sustenta o corpo prevenindo o cansaço, até mesmo lesão decorrentes do cansaço, contribui para a melhor construção muscular, regeneração e recuperação muscular, prevenção de danos e prepara o corpo para novas atividades. É importante beber bastante água e consumir carboidratos e proteínas. A água irá manter a hidratação em equilíbrio, os carboidratos vão restaurar as reservas de açúcar do sangue e músculos e a proteína contribuirá para reduzir o desgaste e melhorar a regeneração dos músculos exercitados.

Alimentação adequada pós treino para atividades físicas com alta intensidade

Exemplo: corrida a pé ou corrida de bicicleta

Como o corpo reage a um treino de alta intensidade?

Um treino com alta intensidade exige do corpo uma carga de energia muito maior. O esforço será maior com movimentos muito mais rápidos. Atividades mais intensas consomem bastante os níveis de carboidrato e açúcar do organismos mas não conseguem consumir na mesma proporcição as maiores fontes de energia do corpo que são as reservas de proteína.

O que devo comer se os meus treinos são de alta intensidade?

Praticando atividade física de alta intensidade seus níveis de energia provenientes das reservas de carboidratos estão sendo queimadas mas a energia proveniente das reservas de proteína ainda não começaram a queimar. Portanto é necessário equilibrar esses níveis, o que significa que a sua alimentação deve conter mais carboidratos de lenta absorção.

Exemplos de alimentação adequada pós treino que vão suprir essa necessidade: ovos, pão integral acompanhado de fruta ou iogurte natural, sementes de chia acompanhado de fruta e adoçado com mel. Não se esqueça de beber água para manter a hidratação e a energia.

Faça essa refeição em até uma hora após o término do treino.

Alimentação adequada pós treino para atividades físicas longa e moderada

Exemplo: treino mais constante por algumas horas em um ritmo cadenciado mais leve ou moderado

Como o corpo reage a um treino longo ou moderado?

Um treino de intensidade longa você vai consumir toda a sua reserva de energia que vem de carboidratos. Repor essas energias durante o período desse treino vai levar você até o final da atividade. E após o seu término você precisará fazer uma reposição mais acentuada, ou seja, mais rápida evitando assim a fadiga muscular. Durante essa atividade que você acabou de praticar você perdeu muito suor portanto também é importante repor os níveis de sódio.

O que devo comer se os meus treinos são de longos ou moderados?

A alimentação e a hidratação nesse caso deve acontecer mais rapidamente favorecendo assim a recuperação dos músculos. Priorize o consumo de carboidratos de rápida absorção. Você vai precisar comer mais para manter os níveis de carboidrato.

Exemplos de alimentação adequada pós treino que vão suprir essa necessidade: ovos, e pequena porção de iogurte. Pão integral com pasta de amendoim e banana.

Faça essa refeição em até 30 minutos após o término do treino.

Veja também

Alimentação adequada pós treino para atividades físicas de força

Exemplo: treino de academia com halteres e aparelho ou com peso corporal

Como o corpo reage a um treino de força?

Para exercícios que requer força o seu corpo vai precisar de muita energia e explosão muscular para impulsionar os movimentos que serão realizados o que vai exigir muito dos músculos e fibras musculares do que em qualquer outro exercício. Com isso o corpo precisará de mais ação das proteínas que serão as responsáveis pela reconstrução muscular. Portanto a sua refeição deve ter como objetivo a reposição de proteínas.

O que devo comer se os meus treinos de força?

Se após o treino de força você não consumir proteínas o processo de recuperação muscular fica prejudicado e consequentemente o seu objetivo com o treino que é ter mais força perde todo o sentido.
Seu corpo não será capaz de se recuperar. Portanto para esse tipo de atividade você precisa alimentar com porção menor de carboidrato e maior de proteína. Combinação perfeito proteína em maior quantidade e carboidrato em menor quantidade somadas darão suporte aos músculos enquanto ele se regenera e se reconstrói.

Exemplos de alimentação adequada pós treino que vão suprir essa necessidade: ovos com legumes e arroz.

Faça essa refeição em até uma ou duas horas isso fará com que o corpo tenha capacidade de transformar os músculos.

Deixe seu comentário